quinta-feira, 25 de Maio de 2017

 
flavonoides  

Alimentos ricos em flavonoides são recomendados no combate ao diabetes






Intakes of Anthocyanins and Flavones Are Associated with Biomarkers of Insulin Resistance and Inflammation in Women

Aquela porção generosa de frutas e legumes que os nutricionistas indicam consumir todos os dias pode proteger contra o diabetes tipo 2, de acordo com uma pesquisa da Universidade de East Anglia, no Reino Unido, e do Kings College de Londres.

Flavonoides na cana-de-acucar

Compostos químicos presentes em frutas cpitricas e vermelhas, tofu, chá, chocolate amargo, por exemplo, podem estimular a memória

Segundo os pesquisadores, são os flavonoides, encontrados em alguns desses alimentos, que trariam o benefício. As descobertas, publicadas no Journal of Nutrition , indicam que o consumo dessas substâncias está associado a uma menor resistência à insulina e uma melhor regulação da glicose no sangue. A pesquisa descobriu ainda que os alimentos com flavonoides também podem reduzir uma inflamação que, quando crônica, está associada a diabetes, obesidade, doenças cardiovasculares e câncer.

De acordo com a líder do estudo, Aedin Cassidy , a pesquisa concentrou-se em alimentos ricos em flavonas, como ervas, legumes, salsa, tomilho e aipo, e em ancitocinas, como frutas vermelhas, vinho, e vegetais de cor azulada.

Este é um dos primeiros estudos em humanos em larga escala que olha para a forma como esses bioativos poderosos podem reduzir o risco de diabetes. Estudos laboratoriais demonstraram esse tipo de alimentos pode modular a regulação da glicose no sangue, que afeta o risco de diabetes tipo 2. Mas até agora pouco se sabe sobre como o consumo habitual pode afetar a resistência à insulina, a regulação da glicose no sangue e a inflamação em seres humanos — explica Aedin.

Os pesquisadores investigaram quase duas mil mulheres saudáveis que completaram um questionário alimentar para estimar a sua ingestão de flavonoides e de seis subclasses da substância. A regulação da glicose e a inflamação foram medidas por exames de sangue.

Os resultados apontaram que aquelas que consumiam muitos alimentos ricos em flavonoides e apresentaram menor resistência à insulina, sofreram menos inflamação crônica e melhoraram os níveis de uma proteína que ajuda a regular processos metabólicos, efeitos que levam a um menor risco de desenvolver diabetes tipo 2.

Os flavonoides são encontrados em alimentos como frutas vermelhas, uva, soja, maçã e cebola, entre outros.



Referências

  1. Flavonoides na cana-de-acucar
  2. Flavonóides na dieta e sua importância para a saúde humana
  3. OS FLAVONÓIDES NA PREVENÇÃO DA OXIDAÇÃO DE ALIMENTOS